Tags

, , , , ,

Seguidores das religiões do Candomblé e da Umbanda denunciam que estão sendo alvos de intolerância religiosa. Centros têm sido apedrejados durante as celebrações, pessoas, até mesmo armadas, ameaçam invadir os templos, e fiéis e mães e pais de santo são xingados.

A violência atinge graus diversos como a colocação de faixas em frente aos centros e até mesmo invasões e ataques. O último registro de intolerância aconteceu entre a manhã e a tarde de terça-feira, 7, no Ijoba Ase (axé) Baru, centro de Candomblé no Jardim Canadá.

Os invasores não apenas invadiram o local como escreveram no chão, tomaram bebidas, fumaram, comeram, jogaram alimentos pelo chão, abriram armários e roubaram jóias e dinheiro. (Nelson Figueira)

Fonte: A Gazeta do Iguaçu
Anúncios