Há tempos venho relatando histórias de racismo e intolerância religiosa e sobre a importância de estarmos posicionados e ocupando espaços políticos e sociais de forma legítima.

Na semana passada fui procurado por um sacerdote que sofreu ameaças, pois integrantes políticos de uma bancada evangélica foram até seu estabelecimento e já avisaram que se eleitos iriam fechar a sua loja de artigos religiosos (casa do diabo), mas é importante  dizer que até pouco tempo atrás este sacerdote não queria saber de política e não apoiariam nenhuma candidatura, até porque se sentia seguro dentro de sua casa, mas infelizmente essa segurança momentânea vai até na hora que pessoas ligadas ao ódio religioso comecem a ameaçar ou violentar seus direitos.

Por isso venho mais uma vez dizer que é importante nosso voto e que infelizmente precisamos desbancar a bancada evangélica ou eleger representantes que lutem contra as atrocidades deste ódio religioso que se instalou no Brasil.

Não podemos nos esconder atrás dos ibás, devemos ter honra e mostrar a nossa cara na rua, devemos proliferar movimentos sociais e acabar de uma vez com este mito que o povo de Axé não é unido.

É claro e evidente que todos nós estamos politicamente fragilizados e podemos ser alvos de intolerância religiosa a qualquer momento.

Nzambi a tu bane ngunzu mu kukaiela ( Deus nos de força para seguir )

Por:  Oluandeji

 

Anúncios