Tags

, , ,

Infelizmente não teve força, apenas candidatos que tiveram uma média de  500 a 600 votos, nos levando de encontro aos integrantes da bancada evangélica que multiplicaram nas legendas.

Analisei algumas situações e vi nossa gente apoiando o PV – Partido que vem trazendo projetos de leis que desconstroem nossa religiosidade como também irmãos ligados ao PSDB que sempre teve suas ações de direita excluída e oxigenando as cidades.

Observei várias pessoas que realmente não querem saber de política e pior nossa gente trocando votos por frutas para as festas de caboclo, estarrecido fiquei ao ver que nosso povo não consegue eleger nem quem é do Axé e em sua maioria não consegue votar em alguém que tenha respeito pela diversidade.

Em São Paulo capital os evangélicos assinaram seu apoio a Serra e se este ganhar será do lado de Alckmin também do PSDB um dos maiores mandatos de exclusão social da cidade.

Não podemos mais ficar inertes a política, precisamos nos levantar e começar uma caminhada para o entendimento e um enfrentamento de nossas posições de forma legítima antes que estes construam leis que irão prejudicar ou acabar com nossa religião.

A política de antigamente não inclui Negros, mulheres e pobres, mas hoje temos nas urnas a esperança de no mínimo mudar quem não está dando certo e mesmo assim eles confiam em nossa incapacidade de lutar ou mudar o que estão construindo.

Será que esses políticos religiosos fascistas irão conseguir mudar nossas tradições? Será que nosso povo vai assistir a tudo isso calado e inerte?

Agora vou falar sobre o que eu fiz e planejei para nossa religião em minha cidade. Eu e mais outras pessoas conseguimos eleger um candidato a vereador que apoia nossa luta e que enfrentará os manifestantes de ódio religioso, mas ainda temos que eleger um prefeito que tem projetos a cultura e religiosidade negra, porque a segunda opção agradará apenas a bancada evangélica.

Não tenho nada contra os evangélicos, mas não serei eu que deixarei que eles nos torturem todos os dias, e a nossa política é de inclusão aceitaremos a todos que respeitem as diversidade e que realmente lutem para que as intolerâncias sejam exterminadas.

Desculpem meu desabafo!

Por: Oluandeji

Anúncios