Tags

,

Constituído como um momento especial de reflexão, reconhecimento e discussão em torno das peculiaridades e diversidades das culturas negras na Bahia e no Brasil, o I Encontro das Culturas Negras, reunirá intelectuais, estudiosos, agentes culturais de diversas partes do mundo em mesas temáticas para debater “Culturas negras no mundo contemporâneo”, “Culturas negras no Brasil hoje”, “Carnavais negros nas Américas” e “Diversidade das Culturas Negras da Bahia”. As mesas serão realizadas em Salvador ( dias 8, 9 e 10) e em Santo Amaro (dia 12), municípios que sediam o evento.

A programação contempla ainda a realização de plenárias com os temas “Encontro de Estudos das Culturas Negras”, que irá estabelecer a discussão sobre a criação de uma rede de estudos das culturas negras a partir da articulação entre os diversos grupos de estudos já existentes no país e no exterior, e “Redes de Intercâmbio e Cooperação das Culturas Negras”, na qual se discutirá o atual estado das redes de intercâmbio e cooperação das culturas negras com a finalidade de criar uma plataforma de intercâmbio e cooperação regional, nacional e internacional.

Personalidades como o jornalista, sociólogo e professor Muniz Sodré, o especialista em cultura afro-brasileira e diretor do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra da Fundação Palmares, Carlos Moura, além de Joel Zito Araújo, Jaime Sodré, Simon Njami, Paulo Miguez, Chico César, Emanuel Aráujo, Liv Sovik, entre outros já têm presença confirmada. O encontro deverá reunir ainda criadores, artistas, profissionais da cultura, gestores culturais, pesquisadores, parlamentares, estudantes, lideranças e representações do movimento cultural negro.

Os debates e as apresentações visam discutir temas que possibilitem um maior conhecimento das diversas culturas negras existentes no Brasil e no mundo, em especial na África e nas Américas, e prevê à criação de articulações, redes e trocas interculturais. Realizado pelo Governo da Bahia, através da Secretaria de Cultura do Estado (Seult/BA), o I Encontro das Culturas Negras tem como objetivo conferir maior visibilidade à pluralidade e a diversidade das culturas negras, incrementar o intercâmbio cultural, a cooperação nacional, regional e internacional sobre o tema, bem como contribuir para a formulação de políticas públicas voltadas para esta cultura identitária.

Assessoria de Comunicação
Centro de Culturas Populares e Identitárias – CCPI
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBa Tel.: (71) 3117-1509 / 3117-1505 Largo do Pelourinho, nº12, Centro Histórico

Fonte: www.cultura.ba.gov.br

 

Anúncios