Tags

, , ,

LuizaDe 29 de outubro a 1º de novembro, especialistas discutem políticas públicas com enfoque na formação de professores e desenvolvimento curricular. Apresentar as iniciativas bem-sucedidas no Brasil, na área de educação para as relações étnico-raciais, bem como os respectivos indicadores sociais, e ampliar as discussões sobre as políticas públicas voltadas para este campo, com enfoque na formação de professores e de desenvolvimento curricular, são alguns dos principais objetivos do seminário internacional do projeto “Teaching Respect For All”, que a SEPPIR – Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e a UNESCO realizam, de 29 de outubro a 1º de novembro, na Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), em Brasília. O evento será aberto ao público no primeiro dia.

O seminário, que é realizado em parceria com os ministérios das Relações Exteriores e da Educação, e Fundação Cultural Palmares, visa contribuir para o trabalho que está sendo desenvolvido por um grupo consultivo composto por especialistas dos Estados Unidos, Reino Unido, Bélgica, República da Coréia, Uganda, Cisjordânia, África do Sul, Rússia, Suíça e Brasil. Serão apresentados os marcos legais da questão étnico-racial no Brasil e as experiências sobre elaboração de materiais pedagógicos sobre história e cultura africana e afro-brasileira para professores envolvidos com a educação básica.

As apresentações serão centradas em temas voltados à educação e à formação para o trato com a diversidade cultural e étnico-racial, à medida em que se tornam obrigatórios no Brasil o ensino da História e da Cultura Afro-brasileira e Indígena, estabelecendo que as escolas, professoras (es) e demais profissionais envolvidos na educação de estudantes e os recursos pedagógicos utilizados sejam revistos e problematizados em função do redimensionamento e da reorientação dos estudos sobre a formação da sociedade brasileira.

Entre os marcos legais referentes ao tema, destacam-se as diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, Leis nº 10.639/2003 e Nº 11.645/2008, assim como o Plano Nacional de Implementação destas diretrizes, publicado pelo Ministério da Educação.

O projeto UNESCO-EUA-Brasil “Teaching Respect for All” tem por objetivo desenhar uma estrutura curricular que promova a tolerância, que os países possam adaptar para os seus contextos e necessidades.

Serviço
SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO PROJETO “TEACHING RESPECT FOR ALL”
Quando: 29 de outubro a 1º de novembro de 2012.
Onde: Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC).
Endereço: SGAS – 902, Bloco C, CET – Centro de Eventos e Treinamentos Brasília (DF).
Acesso: O evento será aberto ao público apenas no primeiro dia.

PROGRAMAÇÃO

29 de outubro de 2012 (segunda-feira)

9h        Acolhimento

9h30    Abertura Oficial

Mário  Lisboa  Theodoro, Secretário-Executivo  da  Secretaria  de  Políticas  de Promoção  da  Igualdade  Racial  da        Presidência da República – SEPPIR/PR.

Macaé Maria Evaristo, Diretora de Políticas de Educação no Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação.

Ministra Gláucia Silveira Gauch, Diretora do Departamento de Diretos Humanos e

 Temas Sociais do Ministério das Relações Exteriores.

Lisa N. Blonder, Estados Unidos da América.

Eloi Ferreira de Araújo, Presidente da Fundação Cultural Palmares do Ministério da Cultura.

Maria Rebeca Otero Gomes, Coordenadora do Setor de Educação da UNESCO no Brasil.

10h      Apresentação do Estado da Arte do Projeto “Teaching Respect For All”

10h30  Coffee Break

10h45  Discussão sobre o Projeto  “Teaching Respect For All”

12h30  Almoço

14h      Marcos legais  com  relação  à  Educação  das  Relações  Étnico-Raciais no Brasil                    Macaé Maria Evaristo, Diretora de Políticas de Educação no Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação.          

               Nilma Lino Gomes, Conselheira do Conselho Nacional de Educação do Ministério da Educação

Maria Rebeca Otero Gomes, Coordenadora da Área de Educação da UNESCO no Brasil.

15h      Discussão

16h      Coffee Break

16h15  Panorama sobre Experiências Exitosas no Brasil

Maria Aparecida da Silva Bento, Diretora Executiva do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades – CEERT.

            Moisés de Melo Santana, Titular  da  Comissão  Técnica  Nacional  de  Diversidade para  Assuntos  Relacionados  à Educação dos Afro-Brasileiros – CADARA.

17h      Discussão

18h      Encerramento

 

30 de outubro de 2012 (terça-feira)

9h        Apresentação dos resultados do mapeamento de políticas relacionadas ao

Projeto “ Teaching Respect For All” (Práticas e Materiais)

10h30  Coffee Break

10h45  Apresentação e revisão do manuscrito do projeto  (1) A set of “Key principles”  

            for policy makers       

12h30  Almoço

14h      Revisão do manuscrito do projeto (2) Head teacher’s and manager’s kit  

15h30  Discussão

16h      Coffee Break  

16h20  Deslocamento dos Especialistas – Visita Técnica

Escola Classe 47, Escola da rede pública do Distrito Federal, localizada no Setor P Sul, em Ceilândia- DF

Acolhimento:

Josefina Serra dos Santos, Secretária da Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal.

Ana José Marques, Diretora de Diversidade da Secretaria de Educação  de Estado do Distrito Federal.

18h      Encerramento 

31 de outubro de 2012 (quarta-feira)

9h        Revisão do manuscrito  do projeto  (3) A pedagogical tool – clarification of concepts

10h30  Coffee Break

10h45  Revisão do manuscrito do projeto (4) A guide for teachers and educators

12h30  Almoço

14h     Discussão sobre o teste-piloto: termos de referência para os países parceiros e entidades

16h      Roda de Conversa (Troca de Experiências)

Zélia Amador de Deus, UDESC

Ana Lúcia Silva Souza, Ação Educativa

Clara Suassuna Fernandes, “Apresentação do Plano Juventude Viva em Alagoas”

18h      Encerramento

1º de novembro de 2012 (quinta-feira)

9h        Apresentação dos Grupos (Resultado das discussões sobre o teste-piloto)

10h30 Coffee Break

10h45  Encerramento e encaminhamentos

12h30  Almoço

Fonte Seppir

 

Anúncios