Tags

, , ,

Makuiu, Kolofé, Motumbá, a bença….

 

Apesar de hoje ser um dia marcado pelo catolicismo, acho que muitos relembram seus mortos e sua ancestralidade.

Quero aproveitar para homenagear a grande Rainha Nzinga Mbandi que fez de sua vida uma trajetória de luta quando viu a igreja e os portugueses assassinado seu povo e por mais de 10 anos conseguiu resistir às atrocidades da época.

Aos Ancestrais temos que apenas a agradecer as lutas, as conquistas e a sabedoria que nos deixaram para continuar o movimento de libertação, pois ainda somos escravos do racismo institucional e da ignorância ainda presente na sociedade.

Queremos fazer dessa tradição de luta e conquistas a continuação e dessa forma realmente homenagear a nossa ancestralidade.

Meus profundos sentimentos e agradecimento a todos que viveram nessa terra e fizeram de suas vidas uma construção social e humana deixando-nos tesouro de saberes e conhecimento.

Agradeço a minha bisa avó Manadeui de Aracajú que construiu uma família e fez de sua vida um ícone que devemos seguir.

 

“A cada arvore plantada

E suas folhas espalhadas

Pelos ventos através do tempo

Deixando-nos esperança

Perseverança e resistência

Do negro nestes pais

Dos religiosos enfim

Um rastro de sabedoria

Da vida sem hipocrisia

Meus respeitos aos que se foram

E deixam seu tesouro”

Por:  Oluandeji