Tags

, , ,

orixas de umbanda

Dia da Umbanda : Homenagem pede respeito e fim do preconceito

A Câmara realizou na segunda-feira (12), sessão solene em homenagem aos cultos afrodescendentes. A solenidade foi sugerida pelo deputado Vicentinho (PT-SP) em comemoração ao dia 15 de novembro, sancionado este ano, pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia da Umbanda. Além disso, o parlamentar anunciou a criação de um selo dos Correios em homenagem à Umbanda.

Em discurso, Vicentinho ressaltou a importância da criação do Dia Nacional da Umbanda, considerado por ele como uma grande vitória e que precisa ser comemorado. Segundo ele, a religião sofre muito preconceito dentro do Congresso Nacional. “A Constituição prevê direitos iguais e respeito às religiões, mas a gente percebe que existe discriminação na Câmara, no Senado”, disse o parlamentar. Ele avaliou a iniciativa da presidenta Dilma como uma demonstração de respeito à religião. Ainda, segundo o deputado, conforme conversa com a presidência dos Correios, o selo que trará em sua estampa imagens que cultuam a religião, será lançado no próximo ano.

A deputada Erika kokay (PT-DF) participou da solenidade e parabenizou os umbandistas e o deputado Vicentinho pela homenagem. “Falar de umbanda é falar de amor, de solidariedade, porque o terreiro é de todos e todas” disse a parlamentar. Além disso, a deputada avaliou a sanção da presidenta como um reconhecimento do débito que o país tem com a religião. Para ela, a umbanda tem resistido ao preconceito e conservado a cultura afrodescendente no país.

Para o presidente da Federação de Umbanda e Cultos Afro Brasileiros de Diadema, Cássio Ribeiro, a instituição da data comemorativa trará mais força à religião e ajudará a reduzir o preconceito sofrido pelos umbandistas.

(Andre Lage, PT na Câmara)

Fonte: Blog do PT