Tags

, , , , ,

DivulgaçãoPara celebrar o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra o Ministério da Cultura (MinC), lançará na próxima terça-feira, 20 de novembro, editais e prêmio voltados aos produtores e criadores negros. A iniciativa visa incentivar pontos de leitura de cultura negra em todo o país. O objetivo é formar novos escritores, elevar o número de pesquisadores negros e de publicações.

A ação afirmativa está amparada no Plano Nacional de Cultura, no Estatuto da Igualdade Racial, em decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e outras ações do Governo Federal na instituição de cotas. O foco das ações é estabelecer novo paradigma em todas as linguagens apoiadas pelo MinC, com a participação efetiva da população negra, que representa 52% dos brasileiros, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os editais serão realizados pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN), pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) e pela Secretaria do Audiovisual (SAV). O objetivo do prêmio criado pela Funarte é contemplar curtas dirigidos ou produzidos por jovens negros, na faixa de 18 a 29 anos, investir em criação, produção e fazer com que artistas e produtores negros ocupem palcos, teatros, ruas, escolas e galerias de arte de todo o país.

O lançamento acontecerá a partir das 11h, no Museu Afro Brasil, no Ibirapuera, em São Paulo. Após a cerimônia a ministra da Cultura, Marta Suplicy, atenderá a imprensa por meio de uma coletiva da qual também participarão o diretor-curador do Museu Afro Brasil, Emanoel Araújo, os presidentes FCP, Eloi Ferreira, e da Funarte, Antonio Grassi, além do presidente da FBN, Galeno Amorim. O credenciamento de imprensa está aberto e pode ser solicitado por meio do e-mail imprensa@cultura.gov.br

Além do lançamento, haverá programação no Parque do Ibirapuera, a partir das 10h, com diversas atrações e shows organizados pela Palmares em homenagem a data que marca reflexão sobre a vida, a luta e a morte do herói nacional Zumbi dos Palmares.

Confira a programação

No Museu Afro Brasil

11h: Lançamento dos Editais para Criadores e Produtores Negros ( Museu Afro Brasil)

12h: Coletiva de Imprensa – está aberto credenciamento (imprensa@cultura.gov.br)

Parque do Ibirapuera

10h: Ato Ecumênico de boas -vindas

Exposição de artesanato e produtos de comunidades quilombolas

Exposição de publicações da Fundação Cultural Palmares

10h30: Grupo de Congada de Santa Ifigênia

O grupo reproduz as congadas, miscigenando as características básicas da música africana, como a polirritmia e a presença de instrumentos tradicionais como as marimbas.

12h: Aulas e Roda de Capoeira (estimular o conhecimento da cultura e da prática herdada dos escravos em toda a sua dimensão: música, berimbau e demais instrumentos necessários à prática) e Circuito de Danças das Comunidades Quilombolas do Vale do Ribeira.

13h: Show com o rapper Emicida, um dos MC’s mais respeitados do Brasil, revelação do underground hip hop nacional.

15h: Samba Rural Paulista-Samba de Roda de Dona Aurora, grupo de Vinhedo formado por descendentes de africanos, que trabalharam como escravos nas fazendas de café da região, no século XIX. Usam pandeiro, atabaque, berimbau, viola, chocalho e bumbo.

16h: Bateria da escola de samba Nenê da Vila Matilde, uma mais tradicionais escolas de samba da cidade de São Paulo, fundada em 1949 por Seu Nenê, falecido em outubro de 2010. A Nenê tem 11 títulos, dois tricampeonatos e foi coroada como “A Campeã do Século” no Carnaval de São Paulo.

17h: Baile do Simonal com Max de Castro e Simoninha. Eles ditam o som e a receita infalível do Baile: “não economizar no champignon com caviar” – expressão que Wilson Simonal, pai dos cantores, usava para definir o molho musical e as variações rítmicas usados para deixar tudo mais refinado. O show será marcado por uma noite de muita alegria, balanço e suingue.

18h: Lançamentos de Publicações da Palmares.

19h: Show com Martinho da Vila, legítimo representante da MPB, um dos mais respeitados cantores do Brasil. Além de escritor e autor de dez livros, é idealizador do Concerto Negro – espetáculo sinfônico que enfoca a participação da cultura negra na música erudita.

SERVIÇO:

Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra

20/11/2012 – Em São Paulo

10h – Parque do Ibirapuera: Comemoração com atividades e shows

Acesso pelos portões 3 e 10 – Av. Pedro Álvares Cabral)

11h – Museu Afro Brasil: Lançamento dos editais para criadores e produtores negros

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Parque Ibirapuera – Portão 10

Fonte: Fundação Cultural Palmares