O Troféu Raça Negra 2012 promoveu ontem, 19 de novembro, uma grande festa na Sala São Paulo, na capital da cidade. O prestigiado “Oscar” da comunidade negra fez uma retrospectiva dos dez anos de realização do evento e homenageou Martin Luther King Jr., um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na premiação, foram homenageados a filha do ativista, Bernice King, em homenagem póstuma ao pai, o ator mirim Jean Paulo Campos, Cacau Protásio, Renato Sorriso e Macau, compositor de Olhos Coloridos, sucesso na voz de Sandra de Sá, os cantores Carlinhos Brown, Martinho da Vila, o grupo de rap Racionais MC’s, os atletas olímpicos Anderson, Fofão e Fabiana, o vice-presidente do Banco do Brasil, Robson Rocha, a jornalista Glória Maria, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, o diretor de Redação da Folha de São Paulo, Otavio Frias Filho, o Bispo Afonso Nunes, de Angola, dentre outras personalidades relevantes.

Dentre as atrações, além de dança afro, tiveram os shows de Jair Oliveira, Luiz Melodia, Vanessa Jackson, Sandra de Sá, Happin Hood, Carlinhos Brown, Thula Mello, Bukassa, e muitas outras atrações. A beleza e a irreverência dos mestres de cerimônia estavam por conta dos atores Érico Braz e Patrícia de Jesus, da jornalista Joyce Ribeiro e do atleta Robson Caetano.

Essa edição do prêmio teve o patrocínio de Bradesco, Coca Cola Brasil, Ford, Itau-Unibanco, Mercedes Benz, Petrobras, Santander e TBE. Entre os apoiadores estão as revistas Caras e Carta Capital, a UNIP, Editora Abril e Sesc SP.

Foto: Trofeu Raça Negra