Tags

, , ,

A produção artesanal de 250 mulheres de 17 terreiros de candomblé, situados em Salvador e região metropolitana, ganhou nesta quinta-feira (27) uma  loja exclusiva. É o Espaço Mauanda – Arte, Moda e Cultura Afro, na Estrada do Coco, município de Lauro de Freitas. Roupas, peças de tecido, de decoração e enfeites feitos pelas religiosas estão à venda no local.

O objetivo da iniciativa, que faz parte do programa Vida Melhor Urbano, do Governo do Estado, é promover a inclusão produtiva com geração de renda e preservação das tradições e da cultura afrodescendentes.

A inauguração reuniu líderes religiosas e representantes do poder público. “É um tipo de loja que não existia e apresenta trabalhos de valor cultural. Acreditamos no sucesso do empreendimento”, disse o coordenador do programa, Ailton Florêncio. Segundo ele, a ação foi iniciada com a identificação das artesãs e análise da viabilidade econômica dos produtos. Em seguida, foram realizados cursos para capacitação e oferecido apoio por meio de microcrédito e equipamentos.

Uma das principais incentivadoras do projeto, Mameto Kamurici – a Mãe Lucia, do terreiro São Jorge Filho da Goméia, em Lauro de Freitas – acredita que o espaço irá atrair ainda mais artesãs e fortalecer a atividade. “Aqui nossos produtos ganham valor adequado, o que garante uma renda justa para nós”.

Fonte: Combate Racismo Ambiental

 

Anúncios