Tags

, , , ,

A rede Record de Edir Macedo realmente bate recordes de preconceito e intolerância religiosa principalmente quando o assunto é candomblé, querem simplesmente varrer documentários, séries e tudo que dê menção as religiões Afras Brasileiras.

A situação é tão grave que até os profissionais da área que não estão ligados a IURD estão com vergonha do posicionamento que a Emissora vem tendo, podemos relembrar aqui o estardalhaço que fizeram contra a novela Salve Jorge.

Enfim como diria a nossa gíria do momento “é o que temos para hoje”, aproveito e peço novamente para as pessoas de bem sejam de qualquer religião, mas principalmente evangélicas que se levante e se manifestem a este tipo de ódio.

Por: Oluandeji

isis-canto-da-sereia.wA exibição de uma matéria que criticou a Globo por dar espaço ao candomblé em “O Canto da Sereia” no “Domingo Espetacular” (Record), no último final de semana, envergonhou muitos funcionários da emissora _que deixaram de enxergar um futuro promissor no canal. Já tem gente até procurando emprego. Para muitos, a emissora nunca poderá ser levada a sério se continuar pegando no pé de outras religiões e de outros canais. Fora que quem quer ser líder não procura intrigas. Faz um bom trabalho e pronto. A decepção é grande, principalmente para aqueles que têm de obedecer e se sujeitar a produzir um trabalho desses. Dizem que a matéria foi cobrada pelos fiéis da Igreja Universal. Será ?

Na semana passada, o blog divulgou uma tentativa de campanha contra a série da Globo. O “protesto” criado por um pastor, que nem vale a pena citar o nome, foi criado em dezembro, quase um mês antes da série estrear. Segundo o tal rapaz (que fez parte da matéria), a campanha contra a produção era justificada porque ela abordava bissexualidade, o espiritismo e uso de drogas. Tem gente que vive realmente em outro planeta.

Por Janaina Nunes / Blog Yahoo

Anúncios