Tags

, , , , ,

 

VIOLENCIA

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou nesta terça-feira (19) o Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJ-Violência). O estudo aponta que Maceió é a capital que mais expõe os jovens à violência. O Rio de Janeiro é a que mais reduziu a vulnerabilidade juvenil à violência, enquanto São Paulo é a capital onde os jovens são menos vulneráveis.

Além de ter Maceió como a capital mais insegura para jovens, o Estado de Alagoas também figura em terceiro lugar no ranking geral de cidades mais violentas do Brasil com o município de Arapiraca. Em primeiro lugar está a cidade de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, e depois em Marabá, no Pará.

No ranking geral dos municípios, Maceió está na 12ª posição.

Segundo o fórum, o índice analisou todos os municípios brasileiros que, de acordo com o Censo Demográfico de 2010, possuíam mais de 100 mil habitantes, totalizando 283 cidades.

Palmas (102° cidade mais vulnerável), Rio Branco (97°), Cuiabá (75°), Macapá (56°), Porto Alegre (53º) e Maceió (12°) foram as capitais que pioraram no ranking. A capital alagoana é hoje a capital brasileira mais vulnerável à violência.
O índice considera a exposição de jovens de 12 a 29 anos de idade à violência. Entram no cálculo homicídios e mortalidade no trânsito, pobreza, desigualdade socioeconômica, frequência dos jovens nas escolas e o acesso ao mercado de trabalho.

O índice é medido em uma escala que varia de 0 (melhor resultado possível) a 1 (pior resultado possível) e classifica em primeiro lugar as cidades mais vulneráveis à violência.

VEJA O RANKING DAS CIDADES CUJOS JOVENS ESTÃO MAIS EXPOSTOS À VIOLÊNCIA:
1º Eunápolis (BA)
2º Marabá (PA)
3º Arapiraca (AL)
4º Porto Seguro (BA)
5º Santa Rita (PB)
6º Alvorada (RS)
7º Paulo Afonso (BA)
8º Lauro de Freitas (BA)
9º Teixeira de Freitas (BA)
10º Luziânia (GO)
12º Maceió (AL)

Portal: Geledes

Anúncios