Tags

, , , , , ,

De tristeza sofre o meu coração

A Angolana Zulmira Cardoso

E a sua família, minha consideração.

 

Sua morte marcada

Pelo ódio racista

Traz o enfrentamento colonialista

Que o tempo não apagou

 

Glorificando a impunidade

O caos que é viver neste estado

Estampado com preconceito

Meu grito é de protesto

Contra o mal feito

 

A justiça será cobrada

Movimentos serão articulados

Passeatas, protestos e panfletos.

Irão falar a respeito

 

Zumira de Angola

Descanse em paz

Na nossa memória

Não será esquecida jamais!

 

O Brasil precisa mudar

Sair da banalização

E essa população

Precisa sair dos guetos

Ocupar espaço e viver sem medo

Da bala perdida, da bala certeira.

Que mata o negr@

Que mata as pessoas

Que fere conceitos

Que traz a banalização

Do racismo, da humilhação!

Por: Oluandeji

Anúncios