Tags

,

DSC00312Marco Feliciano lançou uma maldição do seu próprio partido, que até então era pouco conhecido e inexpressivo hoje o PSC é o partido mais odiado do Brasil.

O partido que indicou o deputado para ser o presidente dos Direitos Humanos, não esperava que uma onda de protestos tomasse conta do país pedindo a saída do Pastor fundamentalista e Deputado sem expressão social, pela acusação de racismo e homofobia.

Podemos dizer que foi uma bomba interna e que está causando asco até mesmo dos evangélicos e católicos, em tal ponto que o Presidente do Partido sugeriu que ele saísse da Presidência.

Os valores que se trabalha nos Direitos Humanos não contempla a história de vida de Marco Feliciano então é importante que mantenhamos as manifestações e que façamos disso um recurso para tornar insustentável a sua presença na pasta.

 

Por: Oluandeji

Foto: Oluandeji

Anúncios