Hoje pela manhã, às 10:00hrs, compareci ao forúm de ilhéus, para uma audiência de conciliação, onde recebi a proposta de um promotor publico na qual uma forma de condenação seria, que eu me dispusesse a prestar serviços públicos, varrer as ruas da cidade durante 8 meses, sobre qual acusação?

Perturbação pública… E aonde eu lhes pergunto, meus amigos e irmãos de axé, desde quando, ascender velas para nossos Deuses, incensar o interior de nossas casas, cantarem louvor aos nossos Orixás, é perturbação pública? Se nós temos nossos instrumentos como Adjás, atabaques e etc… os evangélicos também tem os seus como microfone, baterias e etc…porquê o incenso da igreja católica não poluem o meio ambiente o nosso polui? Prquê pode se abrir uma igreja em qualquer lugar da cidade, como existem várias no bairro Hernani Sá, e casa de Axé não? Porque nas granjas podem se sacrificar galinha, e comercializar normamelmente, e no candomblé é visto na justiça como arte satânica, perversidade, porque os evangelicos podem fazer seus cultos no meio da rua e nós temos que nos esconder, eu tenho 35 anos de idade, sou um cidadão, que pago e cumpro com todos os meus deveres com a sociedade, procuro preservar a minha imagem, pois já tenho meus seguidores dentro do Axé, graças a Olorum me considero uma pessoa digna e respeitada, pelo meu comportamento, entre meus irmão candomblecistas e perante a sociedade, e pergunto a vocês meus irmãos!
Aonde está os orgãos que nos protege? Porque invés de guerriar-mos e criticar uns aos outros, não nos unirmos para defender nossa causa, já pensou se isso virar moda, e todo os evangélicos achar no poder de nos processar?
Imaginem meus irmãos, todas as Yalorixás e Babalorixás, varrendo as ruas de Ilhéus, como punição por cultuar nossos ancestrais, será que esse é o desejo de nossos orixás, nos humilhar públicamente? Aonde está nossos valores.
Não estou no candomblé por um simples capricho, estou sim por acreditar e ter fé nos meus ancestrais, nos orixás nascidos na África e protetores de nossa terra abençoada, creio acima de tudo na justiça, mais não na justiça humana, mais sim na justiça de Olorum e os Orixás, tenho fé em Xangô que é cultuado na minha casa com todo respeito e acredito nos meusamigos e irmão de Axé, qu etenho certeza que não iram me criticar e sim me apoiar , nessa causa que não é minha , sim de todos nós.
Olorum Bozifuo pela atenção de todos!
Axé

Foto: Perseguição Religiosa Em Ilhéus Contra Pai de Santo!

Hoje pela manhã, às 10:00hrs, compareci ao forúm de ilhéus, para uma audiência de conciliação, onde recebi a proposta de um promotor publico na qual uma forma de condenação seria, que eu me dispusesse a prestar serviços públicos, varrer as ruas da cidade durante 8 meses, sobre qual acusação?

Perturbação pública... E aonde eu lhes pergunto, meus amigos e irmãos de axé, desde quando, ascender velas para nossos Deuses, incensar o interior de nossas casas, cantarem louvor aos nossos Orixás, é perturbação pública? Se nós temos nossos instrumentos como Adjás, atabaques e etc... os evangélicos também tem os seus como microfone, baterias e etc...porquê o incenso da igreja católica não poluem o meio ambiente o nosso polui? Prquê pode se abrir uma igreja em qualquer lugar da cidade, como existem várias no bairro Hernani Sá, e casa de Axé não? Porque nas granjas podem se sacrificar galinha, e comercializar normamelmente, e no candomblé é visto na justiça como arte satânica, perversidade, porque os evangelicos podem fazer seus cultos no meio da rua e nós temos que nos esconder, eu tenho 35 anos de idade, sou um cidadão, que pago e cumpro com todos os meus deveres com a sociedade, procuro preservar a minha imagem, pois já tenho meus seguidores dentro do Axé, graças a Olorum me considero uma pessoa digna e respeitada, pelo meu comportamento, entre meus irmão candomblecistas e perante a sociedade, e pergunto a vocês meus irmãos!
Aonde está os orgãos que nos protege? Porque invés de guerriar-mos e criticar uns aos outros, não nos unirmos para defender nossa causa, já pensou se isso virar moda, e todo os evangélicos achar no poder de nos processar?
Imaginem meus irmãos, todas as Yalorixás e Babalorixás, varrendo as ruas de Ilhéus, como punição por cultuar nossos ancestrais, será que esse é o desejo de nossos orixás, nos humilhar públicamente? Aonde está nossos valores.
Não estou no candomblé por um simples capricho, estou sim por acreditar e ter fé nos meus ancestrais, nos orixás nascidos na África e protetores de nossa terra abençoada, creio acima de tudo na justiça, mais não na justiça humana, mais sim na justiça de Olorum e os Orixás, tenho fé em Xangô que é cultuado na minha casa com todo respeito e acredito nos meusamigos e irmão de Axé, qu etenho certeza que não iram me criticar e sim me apoiar , nessa causa que não é minha , sim de todos nós.
Olorum Bozifuo pela atenção de todos!
Axé
Minha Opinião: Incrível é as maneiras que a sociedade veem encontrando para atacar nossas religião, mas outra vez devo lembrar que este tipo de ação é somente contra nossos terreiros equando proibiram o Candomblé pela primeira vez foi porque era coisa de preto, entao é intolerância religiosa ou racismo?
Por: Oluandeji