Tags

, , , , , , , ,

Foto OluandejiNo dia 3 de Agosto se comemora o dia do Capoeirista e pelo mundo inteiro as pessoas saem às ruas e lotam academias para demonstrar a arte que é hoje o 6º esporte mais praticado no mundo.

Foto OluandejiEm Campinas fomos a Praça José Bonifácio, realizar as comemorações em frente à Catedral Metropolitana que é um espaço cotidiano de luta e manifestações da população negra e foi no passado um local de sofrimento a nossos ancestrais.

Foto OluandejiO grupo IBECA organizou o evento com o Mestre Formiga e o Professor Paulo Bombril e contou com a presença de mais de 20 grupos de Capoeira que lotaram a praça e iniciaram uma grande festa em conjunto com Mestre Balão de Salvador, Mestre Cícero, Mestre Joguinho, Mestre Maia e muitos outros. Ao evento compareceu a Dona Clélia figura importante da secretaria de Cultura, o Vereador Pedro Tourinho (PT), a Revista O Capoeira com o Jornalista Luciano Medina e o apoio do Mandato Deputado Estadual Edinho Silva (PT).

Foto OluandejiNo final do dia uma roda de conversa com os Mestres respondendo perguntas dos alunos e discutindo sobre a Capoeira como Patrimônio Imaterial e o ofício do Mestre de Capoeira com ótimas falas do Mestre Irandir e Mestre Cícero e uma participação interativa do Mestre Balão que nos deu a visão de como este processo está sendo realizado em Salvador.

Para que se entenda a importância da Capoeira temos que avaliar o valor cultural e histórico além de saúde, educação e inclusão social, principalmente porque a Capoeira leva nossa história e ensina ao mundo todo o nosso idioma e nossa cultura.

Em 2008 no governo do Presidente Lula reconheceu a Capoeira como Patrimônio Imaterial do Brasil e desde então vem sendo construído políticas que consigam atender a diversidade da Capoeira e hoje mais avançados no debate, cada município está realizando seu levantamento e suas leis estão sendo implementadas e espero que em pouco tempo tenhamos a concretização dessa luta de uma maneira muito positiva.

Para finalizar o texto gostaria de agradecer a todos que lutam no cotidiano e a todos que estiveram neste processo e no evento e deixo uma poesia da Capoeira para homenagear a todos os Capoeiristas.

Ao meu mestre sim senhor

Respeito e dignidade camarada

Foi ele quem me ensinou

Capoeira de tradição

Trouxe-me saúde e educação

Da sabedoria ancestral

Ao toque do berimbau

Ahhh!!! Meu mestre

Obrigado por me ensinar

Agradeço este axé

Eu não vou te abandonar

Por: Oluandeji