Tags

, , , , ,

Marcelo_DedaMilitante político desde 1985 no PT foi eleito no ano seguinte para deputado estadual e teve papel importante para o movimento do povo de santo, sempre nos apoiou em vários momentos e com certeza deixa Sergipe mais triste.

Comprometido com as lutas populares e por força da Lei Municipal nº 3.461/2007, o Afoxé Omó Oxum faz parte do Calendário Turístico e Cultural de Aracaju. No início deste ano, o Governador Marcelo Déda sancionou o a Lei nº 369/2009, onde inclui o evento no calendário Cultural de Sergipe entre outros apoios.

Em Campinas o Vereador Petista Pedro Tourinho, foi quem me avisou deste falecimento e deixou umas palavras que vou compartilhar neste blog:

“Triste pela morte de Marcelo Deda. A experiência de Deda na prefeitura de Aracaju foi fundamental para muitos da minha geração. Mostrou que mesmo em uma cidade pequena de um estado pequeno do Nordeste, era possível inverter prioridades e construir outro modo de governar, democrático e popular de verdade. Durante seu governo Aracaju se tornou um polo nacional consolidação e inovação do SUS inspirando e formando centenas de militantes comprometidos com a construção de um outro Brasil. De todo pais estudantes iam conhecer e experiência do SUS em Aracaju e saiam cheios de inspiração. Eu fui um desses e certamente essa experiência marcou minha trajetória e influenciou minhas escolhas. Sem qualquer demagogia, Deda é um desses cujo legado é um mundo muito melhor. Vá em paz, companheiro! “

 

Vereador Pedro Tourinho

 

Eu Oluandeji desejo que NZAMBI tenha este companheiro em um local abençoado e que ele se torce referencia política aqui nesta terra.

O governador licenciado de Sergipe, Marcelo Déda (PT), morreu na madrugada desta segunda-feira. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, que informou sua morte às 4h45. Déda tinha 53 anos. Um câncer em seu estômago foi diagnosticado em 2012. Desde maio deste ano, ele estava internado para tratamento.

A família postou uma mensagem no Twitter do governador: “O céu acaba de ganhar mais uma estrela. Marcelo Déda voou ‘nas asas da quimera’. Paz e bem”. Segundo a assessoria do hospital, ainda não há informações sobre o velório ou enterro do político. Ele estava em seu segundo mandato como governador de Sergipe.

Déda afastou-se do cargo de governador em 27 de maio deste ano em razão do tratamento médico e foi substituído pelo vice, Jackson Barreto. No início da noite de sábado, 1º, o hospital informou a “piora progressiva” do quadro clínico do governador. O corpo do governador será velado no Palácio-Museu Olímpio Campos. Déda deixa cinco filhos e a mulher Eliane Aquino, secretária de Inclusão Social.

O governador foi um dos fundadores do PT e eleito pela primeira vez a deputado estadual, em 1986. Em 1994, ocupou uma cadeira na Câmara dos Deputados e foi reeleito em 1998. Dois anos depois, tornou-se prefeito de Aracaju, cargo que ocupou até 2006, quando renunciou para disputar o governo do Estado.

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,governador-de-sergipe-marcelo-deda-morre-em-sao-paulo,1103183,0.htm